Nariz empinado

Nariz empinado é uma expressão usada para se referir a alguém que se acha mais importante do que as outras pessoas.

Branqueamento de capital

🇧🇷 Lavagem de dinheiro Branqueamento de capital é o uso de técnicas ilegais para tentar legalizar um dinheiro adquirido de forma ilícita.

Provérbios portugueses dos meses:

Janeiro Em Janeiro, sobe ao outeiro. Se vires verdejar, põe-te a chorar; se vires terrear, põe-te a cantar. Do Natal a Janeiro, salto de carneiro Fevereiro Fevereiro: rego cheio Março Março, Marçagão, de manhã Inverno à tarde Verão Abril Abril águas mil, coadinhas por um funil, quantas mais puderem vir Maio Em Maio, comem-se as… Continuar lendo Provérbios portugueses dos meses:

Sem punhos de renda

Dizer que algo é sem punhos de renda é o mesmo que dizer que é feito sem querer agradar, de forma direta, eficiente, ou com grosseria. Exemplo:“Ele diz o que pensa sem punhos de renda”

Escova

Escova, além de um acessório usado para pentear-se ou escovar, é um termo usado informalmente para designar alguém bajulador, que elogia de forma a obter algum benefício.

Pai babado

Pai babado é um termo usado para falar de um pai que admira muito o seu filho.

Tá-se bem

🇧🇷 tá beleza 🇬🇧 All good Tá-se bem é um termo usado para dizer que se está bem.

Hora de ponta

🇧🇷 hora do rush Hora de ponta é o horário de maior trânsito ou maior movimento, no trânsito a hora de ponta normalmente é quando as pessoas vão para o trabalho e quando retornam para casa.

Passar a noite em branco

🇧🇷 Passar a noite em claro Passar a noite em branco é uma expressão usada quando alguém fica acordado durante toda a noite.

Constrangimento

🇧🇷 Perrengue Constrangimento é um termo usado de forma diferente entre o português europeu e o brasileiro. No Brasil é usado no sentido de envergonhar, constranger, em Portugal é usado com o sentido de problema causado por alguém ou por causas naturais. Por exemplo: “A chuva causou grandes constrangimentos no centro de Lisboa.”

Faca de dois gumes

🇬🇧 mixed blessing  Faca de dois gumes é uma expressão usada quando algo tem um lado bom e outro nada bom.

Golpe do baú

Golpe do baú é um termo usado para falar de alguém que casa com outra pessoa apenas para ficar com a herança ou ter algum benefício com uma separação.

Pau mandado

Pau mandado é um termo usado para falar de alguém obediente, que está sempre às ordens para o que pedem.

Está-se a passar

Está-se a passar é uma expressão usada para dizer que alguém está a perder o juízo, está irritado.

Em janeiro morre a mulher ao soalheiro 

Em Janeiro morre a mulher ao soalheiro é um ditado popular usado para dizer que nós meses mais frios, pegar um pouco de sol e depois voltar para o frio pode ser perigoso para a saúde, pois pode causar uma constipação.