Provérbios portugueses dos meses:

Janeiro

Em Janeiro, sobe ao outeiro. Se vires verdejar, põe-te a chorar; se vires terrear, põe-te a cantar.

Do Natal a Janeiro, salto de carneiro


Fevereiro

Fevereiro: rego cheio


Março

Março, Marçagão, de manhã Inverno à tarde Verão


Abril

Abril águas mil, coadinhas por um funil, quantas mais puderem vir


Maio

Em Maio, comem-se as cerejas ao borralho


Junho

Em Junho, foice no punho


Julho

Em Julho, ceifa o trigo e faz o debulho


Agosto

Em Agosto, toda a fruta tem gosto.


Setembro

Setembro molhado: figo estragado


Outubro

Outubro quente traz o diabo no ventre.


Novembro

Em Novembro, prova o vinho e semeia o cebolinho


Dezembro

Em Dezembro, treme de frio cada membro.

Manda um bitaite